Tenho saudades da época em que eu Vos amava, e Vós me amáveis

Arautos do Evangelho-2018-01-09_104320_20180109_GK

Há momentos, minha Mãe, em que minha alma se sente, no que tem de mais fundo, tocada por uma saudade indizível. Tenho saudades da época em que eu Vos amava, e Vós me amáveis, na atmosfera primaveril de minha vida espiritual. Tenho saudades de Vós, Senhora, e do paraíso que punha em mim, a grande comunicação que tinha convosco. Não tendes também Vós, Senhora, saudades desse tempo? Não tendes saudades da bondade que havia naquele filho que fui? Vinde, pois, ó melhor de todas as mães, e por amor ao que desabrochava em mim, restaurai-me: recomponde em mim o amor a Vós, e fazei de mim a plena realização daquele filho sem mancha que eu teria sido, se não fosse tanta miséria. Dai-me, ó Mãe, um coração arrependido e humilhado, e fazei luzir novamente aos meus olhos aquilo que, pelo esplendor de vossa graça, eu começara a amar tanto e tanto!… Lembrai-Vos, Senhora, deste David e de toda a doçura que nele púnheis. Assim seja!

 
Fotos: Gustavo K./Leandro S.

Presépios nos Arautos do Evangelho

Em uma sala escura, ao abrir das cortinas, um show de fabulosas luzes realça o movimento inusitado de imagens, primorosamente sincronizadas com uma bela e tocante narração sobre o nascimento do Menino Jesus!

É comum nos perguntarmos em um fim de ano: Qual a melhor forma de meditar sobre o nascimento de Cristo, e ter bem presente sua bondade e misericórdia para conosco?

Os Arautos do Evangelho oferecem um modo atraente, piedoso e moderno de meditar sobre o nascimento do Menino Deus: Presépio Son et Lumière.

Uma luminosa estrela corta os céus do oriente; os Reis Magos andam sobre as montanhas a procura do Grande Rei; São José bate às portas de Belém procurando um abrigo para Nossa Senhora e seu filhinho, que está para nascer!

Esses e muitos outros movimentos lhe farão sentir por alguns minutos a vida de Cristo.

Imagine que emoção ver Jesus Cristo levando a cruz ao alto do Calvário para morrer por sua salvação? Isso e muito mais é apresentado em uma tocante apresentação de 15 minutos.

Onde assistir ao esse presépio?

Eis uma lista com o endereço das casas dos Arautos onde está sendo apresentado o presépio neste 2016. Veja, mais abaixo, algumas fotos do belo e concorrido presépio dos Arautos em Campo Grande:

img-20161213-wa0012

 

 

Presépio em Campo Grande:

Fotos: Leandro Souza

 

Um novo ano inicia

Que já no nascedouro deste novo ano Nossa Senhora, com o Divino Menino e São José, conceda a todos a plena realização dos desígnios de santidade para o qual foram chamados.

Clique para ouvir

Clique na foto

Arautos_do_Evangelho_LS_5DMlll-77372-2-2

Menino Jesus com o hábito dos Arautos do Evangelho, na Basílica Nossa Senhora do Rosário.

O nascedouro de uma tradição

Voltemos à era medieval, abandonemos por um tempo nossa realidade transpondo as barreiras do tempo, para ver em seu nascedouro o que se tornou uma das mais vivas tradições da alma católica!

——— -:- ———

Estimados leitores, lhes convido a abandonarem a vida atual por alguns instantes; casas, amigos, trabalhos e problemas… A furarmos as mais intransponíveis barreiras do tempo e voltarmos 100, 300, 600 anos na História! Vamos para o ano de 1223, em plena Idade Média, com seu castelos, príncipes e princesas, envolvidos em fatos e lendas que tanto encantam as mentes de nosso século.

—-

Cá estamos na cidade de Greccio no centro-sul da Itália Medieval. Vemos junto a uma igreja um grupo de pessoas em torno de um homem alto e magro, com rosto e roupas gastos pelo tempo e a penitência.

Este homem é Francisco! Sim, São Francisco de Assis. Este grande santo, procurava um modo mais didático de explicar a um grande grupo de iletrados aldeões um dos maiores mistérios de nossa fé, o nascimento do Menino Deus – Estamos presenciando o nascimento de umas das nossas mais vivas tradições!-.

Por muito tempo o santo falou e argumentou. Tentava por palavras e gestos transmitir tudo quanto trazia em sua alma. Eles ouviam com respeito, mas… não davam mostras de terem realmente compreendido. O que fazer?

Amigo leitor, estamos no Natal e nos deparamos com uma realidade inegável: não há nada de mais abençoado, tradicional e simbólico, que toque tanto nossos corações nesta época como os presépios, que representam o nascimento do Menino Jesus. Todos vemos, admiramos e junto a eles rezamos, mas como surgiram?

Presépios dos Arautos do Evangelho – Fotos: Leandro Souza

Voltemos a nossa viagem e vejamos como se iniciou essa tão sublime tradição:

São Francisco mandou que lhe trouxessem uma imagem do Menino Jesus, uma manjedoura, palhas, um boi e um burro. Os campônios entreolharam-se, surpresos, mas providenciaram tudo sem demora.

Vemos que em pouco tempo, fica composta a cena, falta apenas a imagem do Menino Jesus. São Francisco, com grande devoção, tomou-a nos braços, para depositá-la na manjedoura.

Ó que milagre, que grande prodígio! Diante dos olhos maravilhados de todos, a imagem toma vida e o Menino sorri para São Francisco. Este abraça ternamente o Divino Menino e O deita sobre as palhas da manjedoura, enquanto todos os camponeses se ajoelham em adoração.

Mais uma vez o Menino Deus sorri e abençoa aqueles camponeses, Ele sorri e abençoa a nós que O admiramos nesta nossa viagem.

Pouco tempo se passa, e na manjedoura há uma simples imagem inanimada… O milagre passou, mas na alma de todos permanece a recordação viva do Menino Jesus. Ele lhes havia sorrido!

—-

Desde este dia todos os anos o “presépio de São Francisco”, foi montado na cidade de Greccio, na esperança de que o milagre se renovasse. A imagem nunca mais tomou vida, mas a Virgem Maria lhes falava especialmente à alma nessas ocasiões, com graças sensíveis, muito próprias ao Natal.

Não só em Greccio, mas em todos os presépios do mundo está presente o Menino Jesus — com Maria, sua Mãe, e São José — à nossa espera, para também nós, recebermos um sorriso e uma bênção do Menino Deus, não em uma imaginária viagem no tempo, mas em nossas almas, em nossos corações.

É este motivo porque se espalhou por todo o universo católico a tradição de montar presépios por ocasião do Natal.

Meu muito estimado leitor, ajoelhe-se piedosamente diante do Menino Jesus presente no presépio e peça, por intercessão da Virgem Maria, para si e para todos os seus entes queridos esse sorriso que comunica felicidade, essa bênção que transmite a paz.

Tenham todos um santo e feliz Natal!

Fotos: Leandro Souza / David Ayusso

Fotos de alguns presépios, e momentos de sua montagem nas casa e Igrejas dos Arautos de Evangelho.

Tudo em um presépio é abençoado, não apenas os momentos de orações e reflexão, mas já na montagem o ambiente é de pax e alegria.

%d blogueiros gostam disto: