Vislumbre de Natal

Vós repousais, oh Rei eterno, no augusto e misero presépio.

E o olhar de Vossa Mãe, derrama sobre vós, tesouros de respeito e de carinho.

Oh meu Jesus, Vós sois tão grande e ao mesmo tempo tão pequeno.

Sendo infinitamente maior do que nós! Vós nós causais ternura e compaixão.

Jamais um coração materno amou mais plenamente um filho,

E nunca um filho amou tão plenamente e tão inteiramente sua Mãe.

A infinita Majestade desceu a terra nesta noite

E para nós se transformou em gáudio, em sorriso e em ternura!

Fotos: Leandro Souza

VEJA TAMBEM!:

PRESÉPIOS