O melhor amigo do homem

Pensa-se que os progenitores da raça foram os cães Molossoides que acompanhavam as legiões Romanas. A resistência destes cães permitia-lhes efetuar os percursos mais árduos. Além disso, a sua função de guarda protegia as manadas de lobos e de eventuais ladrões de gado…

 

A origem da frase “o cão é o melhor amigo do homem” está no Missouri, Estados Unidos. Lá, no final do século 19, a frase foi pronunciada em um julgamento pelo advogado George Graham Vest.

2018-09-16_2018-09-16_DAA-6774Rottweiler (em alemão: Rottweiler Metzgerhund) é uma raça canina desenvolvida na Alemanha. Cão criado por açougueiros da região de Rottweil para o trabalho com o gado, logo tornou-se um eficiente animal de guarda e boiadeiro, além de ser útil na tração. Devido à sua utilidade, fez-se popular em todo o mundo. É uma raça descrita como de exemplares inteligentes, valentes e devotados. Fisicamente é um animal forte, de pelagem preta e curta, com marcações em castanho; é robusto e de estrutura compacta, que transparece força, agilidade e resistência.

2018-09-16_2018-09-16_DAA-6811O Rottweiler provavelmente descende de cães romanos (provavelmente o Molossus) que eram criados como cães de guarda e boiadeiro. Esses cães imigraram com as legiões romanas através dos Alpes suíços, até chegarem nos arredores da Floresta negra no sudoeste da Alemanha, onde tiveram contato com os cães da região. Houve então uma miscigenação com os cães locais, dando origem à versão primitiva do que hoje chamamos de Rottweiler. Esta versão ncestral da raça que conhecemos hoje, possuía muita semelhança à raça Grande Boiadeiro Suíço, a qual nos primórdios pode ter sido parte da mesma raça ou vice e versa. A tarefa principal deste novo cão alemão também era a condução e a guarda de grandes rebanhos, a lida com o gado, a tração de pequenas cargas de leite e a proteção do dono e seu patrimônio. 2018-09-16_2018-09-16_DAA-6806 No final do século XIX, com a proibição do uso de cães na lida com rebanhos, todos os chamados “Cães de açougueiro” (cães de boiadeiro) foram quase totalmente extintos do país. Porém na cidade de Rottweil, fiéis admiradores desta espécie, reuniram-se buscando resgatar a raça através de uma única fêmea pura restante. O resgate deu-se através de cruzamentos bem selecionados com outros cães de tipo similar.

No início do século XX (1910), quando foram pesquisadas diversas raças para a função policial, o Rottweiler foi avaliado e em pouco tempo demonstrou ser extraordinariamente adequado às tarefas do serviço policial. E por suas qualidades foi ganhando fama, permanecendo até hoje entre os cães de guarda mais populares do mundo. Os primeiros exemplares da raça foram trazidos ao Brasil no ano de 1967, no Rio de Janeiro. Mas o primeiro canil da raça em solo brasileiro só foi registrado em 1972 e chamava-se canil Alcobaça, também no Rio de Janeiro.

Fonte: Wikipedia

Fotos da Rottweiler na casa dos Arautos do Evangelho:

Fotos: David Ayusso

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s